sábado, 19 de novembro de 2016

TURISTAS SÃO RECEBIDOS EM COLÔNIA EM SC

Programa desenvolvido no interior de Santa Catarina permite que turistas fiquem em casa de agricultores e vivenciem a rotina no campo.


A Acolhida na Colônia (http://acolhida.com.br/) é um programa desenvolvido em pequenas propriedades dedicadas à agricultura orgânica, com o objetivo de aproximar o turista urbano da vida do campo. O programa nasceu na França, nos anos 80, e hoje em dia existe em vários países do mundo. O Brasil foi o primeiro país da América Latina a entrar no "Accueil Paysan" (http://www.accueil-paysan.com/en/), que em francês quer dizer "acolhimento campesino". 


A experiência-piloto começou no Sudeste de Santa Catarina e a ideia permanece até hoje. Os turistas são recebidos em casas de agricultores orgânicos. São cerca de cinquenta famílias dedicadas ao agroturismo e que oferecem atividades complementares, como hospedagem, alimentação, vendas de produtos, lazer, educação ambiental e turismo de conhecimentos.

Roteiros

Os roteiros podem ser feitos em apenas um final de semana, em feriados prolongados ou em férias.


Em um deles, que pode ser feito em quatro dias, o turista visita Anitápolis, a 110 quilômetros de Florianópolis, e Santa Rosa de Lima, que fica a 23 quilômetros de Anitápolis. Entre os destaques da cidade estão trilhas na mata, banhos de cachoeira, pesca, fogão à lenha, café colonial, visita a uma propriedade-modelo em agricultura orgânica e manejo florestal sustentável, passeio nas encostas da Serra Geral, visita às águas termais e rafting nas corredeiras do rio Braço do Norte. 


Em dois dias, é possível visitar Grão Pará, a 140 quilômetros de Florianópolis. Nesse roteiro, é possível encontrar a comida típica campeira, o delicioso café colonial, além de licores inesquecíveis. Entre as opções de passeios estão cavalgadas, trilhas, banho de rio, cachoeiras, pescaria no açude, passeio até a Serra do Corvo Branco, entre outros. 

Gravatal é outra opção de roteiro. Localizada a 100 quilômetros de Florianópolis, a cidade produz mel, bananas passa, tomate seco e molhos de tomates orgânicos. Os turistas podem conhecer um antigo engenho de farinha, além de fazer pesca no açude, trilhas pela Mata Atlântica e visitar a gruta do São Miguel. 



Nenhum comentário: