sexta-feira, 18 de março de 2016

GUARDA DO EMBAÚ

Os surfistas que vinham para cá no passado casaram, tiveram filhos e, assim, mudaram o perfil da praia – que agora tem um ar mais família. Uma vez aqui, é possível dispensar o carro. Lojas, restaurantes e pousadas se concentram num centrinho bem próximo ao Rio da Madre, que corre paralelo à praia. A pé, a nado ou de barquinho, é preciso atravessá-lo para chegar à areia. Guarda do Embaú é a praia mais famosa de Palhoça, mas não é a única. Ao seu norte estão a Pinheira, que também atrai famílias, e Pedras Altas, um reduto naturista.



HOSPEDAGEM


Os quartos são cercados pela mata - um deles dispõe de hidromassagem - e ficam a dez minutos da praia. No café da manhã, são servidos suco de laranja, bolos caseiros e pão de queijo, e no restaurante da pousada, um gostoso salmão em crosta. Peixe, aliás, é o alimento preferido do dono, o modelo Paulo Zulu.


RESTAURANTE

BAR DO EVORI

Pastéis de camarão e de siri fritos na hora.


ATRAÇÕES
praia


Pela entrada desleixada é fácil subestimar a praia: na verdade grandiosa, com extensa faixa de areia fina lambida por um mar de ondas bravas e dois costões verdes de moldura. Não é à toa que é frequentada o ano todo, por jovens na alta temporada, famílias e casais na baixa. Surfistas também são tão nativos quanto os barquinhos que atravessam o Rio da Madre, que corre paralelo à costa até se jogar no mar. Dependendo da época do ano e do horário, o nível da água sobe e a "carona" com os barqueiros é a única saída para os banhistas com cadeiras e guarda-sóis. Na continuação da praia, uma pequena faixa de areia com acesso por trilha, a partir do centrinho, fica o Bar do Evori.


PRAIA DE CIMA

Um pouco mais tranquila que a Praia da Pinheira, reúne famílias que buscam um mar mais confiável para brincar com as crianças. Não há barracas ou estrutura para atender turistas. A vista inclui o Farol, as ilhas Três Irmãs e a Praia dos Naufragados, em Florianópolis.


PRAIA DA PINHEIRA (OU DE BAIXO)

Com acesso direto pelo centrinho da cidade, fica movimentada em função da localização. No canto sul prevalecem as famílias. O mar é calmo e cheio de barquinhos de pescadores, que vendem o fruto do seu trabalho ali mesmo.


PRAIA DO SONHO

Menos movimentada que as praias da Pinheira e da Guarda do Embaú, tem areia boa para caminhadas. Alguns trechos não permitem acesso por carro, mas há várias entradas para pedestres ao longo do banco de areia.


PRAIA PEDRAS ALTAS

As duas praias de 100 m, com mar calmo e costões verdes cheios de pedras, são redutos naturistas. Há divisão para solteiros e casados, além de espaço para camping. Quem só quer passar o dia pode aproveitar o restaurante. Acesso por estrada que sai da Enseada do Brito.


PRAINHA

O melhor caminho é seguir a trilha depois do Bar do Evori, que contorna o costão na praia da Guarda. Ela é totalmente deserta - o ideal é levar água e um lanche. 30 minutos a partir do centrinho.


PRAIA ENSEADA DO BRITO

Não dá para curtir o sol nem pegar onda: o vilarejo açoriano é ponto de pesca e criação de ostras. Também dá passagem à praia naturista de Pedras Altas.


Nenhum comentário: